Apresentação da Odontologia de rua no XIV CIOPAR

As questões inerentes às populações em situação de rua vêm aos poucos ganhando visibilidade, contudo, embora o interesse em investigar o fenômeno de pessoas que habitam as ruas venha se intensificando ainda são poucos os estudos aplicados a este nicho populacional. O atendimento odontológico se dá de forma humanizada, com escuta qualificada e colocando sempre o paciente em primeiro plano.

É necessário haver transformação da maneira de encarar essa população e se compadecer com a realidade opressora para de fato entender este problema social. A importância desses dados dá-se à construção de políticas públicas atenta aos direitos dessa população, pois a invisibilidade acaba por colocá-los em uma espécie de ciclo, visto que a reinserção no mercado de trabalho, vida social e até mesmo convívio familiar tornam-se cada vez mais distantes da realidade desses indivíduos que muitas vezes por esses motivos continuam nas ruas.

Frente a isso, no dia 17 de outubro de 2019, as alunas Tamara Araújo e Fernanda Gusmão com a orientação da Prof. Dra. Carolina Dea Bruzamolin, apresentaram um trabalho intitulado “Odontologia de rua: relato de experiência” no XIV Congresso Internacional de Odontologia do Paraná na cidade de Curitiba. Este trabalho mostra como é a organização da ONG Médicos de Rua – Curitiba e como é feito o atendimento a pessoas de situação de rua na estação “Só Riso”, no qual presta assistência odontológica voltada para a educação em saúde, orientação e encaminhamento aos serviços especializados.

É visto que estes indivíduos enfrentam dificuldade de acesso aos serviços de saúde, e os profissionais a limitação de procedimentos que podem ser realizados devido a estrutura e/ou condição sistêmica do indivíduo durante o atendimento voluntário fora do ambiente clínico/ambulatorial.

Vale ressaltar a importância do trabalho voluntário para este grupo populacional, que por vezes conta apenas com este acesso à saúde. E também o diferencial que o voluntariado acrescenta ao profissional e futuro profissional que o exerce.

Dra. Carolina Dea Bruzamolin, Tutora suplente do núcleo de Odontologia da ONG “Médicos de Rua” com as alunas Tamara Araújo e Fernanda Gusmão.

Dra. Carolina Dea Bruzamolin: Cirurgiã dentista CRO PR 18.560, Especialista em Odontopediatria (PUCPR) e Gestão Pública em Saúde “Enfase na Odontologia” (UP) , Mestre em Odontologia “Enfase em saúde bucal da criança e adolescente” pela UFPR, Doutora em Odontologia clinica pela Universidade Positivo, Professora do curso de graduação em Odontologia e Especialização em Odontopediatria/Saúde Coletiva da Universidade Positivo, Coordenadora do Núcleo de Educação em Saúde  do Instituto “Barco Sorriso”

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *